Confusos horários e a gestão de tempo

Olha, quando eu olho pra minha agenda eu acho fácil vários horários pra fazer as coisas que preciso fazer, mas por que não consigo fazer o que preciso no tempo que eu preciso? Você também sente isso?

O tempo das tarefas que realizamos não é só sobre o tempo objetivo. Quem mora em grandes cidades, por exemplo, já entendeu que o trânsito e a distância adicionam um bocado a mais de tempo nas tarefas que parecem simples. Se chove, se tem acidentes, mais um tempo e isso a agenda não contabiliza.

E o mesmo acontece pra gente que tem filhos, cachorros, companheir@s ou tem que contar com outras pessoas para fazer o dia acontecer!

Então tarefas simples tomam mais tempo do que aparentemente deveriam. E não é culpa sua, como pode parecer. Talvez você não tenha contabilizado o tempo de preparação da tarefa, nem o tempo para imprevistos. Mas a culpa não é sua.

Ok. E como resolve?

Não sei. Sério! Não tem receita pronta, mas na minha rotina percebo que tem a ver com entrar no ritmo da música. Se estou numa cidade grande, tudo é pra ontem, preciso tomar distância e colocar mais horas pra fazer uma determinada tarefa, se estou com meu filho, talvez ir fazendo combinados, pontuando o passo a passo. Se estou contando com outra pessoa para fazer algo pra mim, talvez eu precise esperar e combinar um prazo para a tarefa ficar pronta.

As vezes, também, preciso desistir. Tentar de novo outro dia, pedir pra outra pessoa ou ver se tem alguma alternativa tecnológica que resolva meu problema. Talvez uma solução pro tempo seja flexibilizar o modo como fazemos nossa tarefa.

O mundo não gira entorno de nós, então, cada pessoa/lugar/situação têm fusos horários diferentes. É necessário lidar com o tempo de adaptação, com as mudanças de situação e isso faz parte.

Hoje em dia me irrito menos, mas ainda me irrito quando não consigo fazer o que preciso do jeito que pensei, mas me lembro que a tarefa precisa ser feita, o que não precisa é ser feita só de um jeito específico.

Por Fernanda de Sousa Vieira

Mestre e Doutora em Psicologia pela FFCLRP- USP Psicóloga Clínica - CRP 06/101877 Especialização em Sexualidade Humana pelo PROSEX-FMUSP, Formação em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo CETCC, Personal and Self Coach pelo IBC Formação em Esquizoanálise pela Escola Nômade de Filosofia www.bravepsico.com Siga no Facebook e Instagram @bebravepsico e no LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/fernanda-vieira-20a910b1

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: