Pós-pandemia e a proposta de construir o pós-normal

Não sei se podemos chamar esse momento atual de pós-pandemia. Talvez possamos chamar de pós-susto-da-pandemia e possamos dizer que já nos adequamos a um jeito de viver diferente daquele de antes.

Mas que consequências pra sua saúde mental você consegue observar agora que passou o susto? O que mudou? Que jeitos você encontrou pra se adaptar e continuar vivo?

Na historia da humanidade é regra esses momentos, mas vamos combinar que viver isso em primeira pessoa é f0d4? É se coçar pra mudar e mudar de novo e buscar prazer nisso, encontrar dores, criar expectativas e experimentar frustrações. E o contrário de tudo isso também: busca o novo e achar o igual, ir sem expectativa é se surpreender, por exemplo.

Um sentimento que eu penso que ajuda nessa adaptação ao pós-normal é o sentimento de curiosidade (ou de sentir-se intrigado, incucado), aquele sentimento de explorar o que está acontecendo feito um detetive, experimentar como se estivesse descobrindo um gosto de comida, ou ser avassalado (adoro essa palavra) por um cheiro inesperado.

O normal, o corriqueiro é aquilo que já não tem mais esse sentimento. Quer dizer que não podemos achar a normalidade estatística das coisas? Claro que podemos, mas aquele normal moral sobre as coisas, sinceramente, a pandemia ou qualquer outra mudança na nossa vida nos provoca a deixar de lado e preferir usar de outros termos mais dinâmicos para falar do cotidiano.

Deixo aqui como dica e como por exemplo expressões como “eu gosto assim”, “com esse jeito eu sinto (nome do sentimento que vc tem)”, “quando isso acontece eu escolho agir dessa forma (aí você descreve a forma como prefere agir)” para falar sobre o pós-normal da pós-pandemia vivido em primeira pessoa.

Agora tenta você e me diz: como tá sendo experimentar essa pós-normalidade?

Publicado em
Categorizado como Saúde Psíquica

Por Fernanda de Sousa Vieira

Mestre e Doutora em Psicologia pela FFCLRP- USP Psicóloga Clínica - CRP 06/101877 Especialização em Sexualidade Humana pelo PROSEX-FMUSP, Formação em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo CETCC, Personal and Self Coach pelo IBC Formação em Esquizoanálise pela Escola Nômade de Filosofia www.bravepsico.com Siga no Facebook e Instagram @bebravepsico e no LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/fernanda-vieira-20a910b1

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: