Rodas de Conversa e Workshops com Adolescentes no Ambiente Escolar

A proposta é trocar saberes, estimulando a reflexão sobre práticas e comportamentos sociais e em relação à saúde dos adolescentes. Nossa prática, baseada em pesquisas, é de facilitar o acesso a informações de saúde de qualidade, reflexão sobre as práticas cotidianas individuais e coletivas.

Por meio de vivências, conversas e oferecimento de material informativo queremos proporcionar ao adolescente um contexto para o aprendizado e tomada de decisões baseadas no autocuidado, fortalecendo a autoestima. Essa estratégia tem se mostrado atraente aos adolescentes, valorizando seus vínculos com sua rede de apoio (a família, amigos e a escola).

Nosso público-alvo são adolescentes de 8º e 9º anos do ensino fundamental e os anos do ensino médio. A linguagem vai sendo adaptada às idades, assim como o conteúdo.

A pesquisa mostra que estratégias de promoção de saúde com adolescentes são mais eficientes quando são feitas de maneira participativa, repensando a realidade onde estão inseridos. Por meio da promoção de acesso a informação de qualidade e a estratégias de redução de danos e autocuidado, adolescentes podem refletir sobre seus comportamentos ligados ao consumo de drogas e à vivência da sexualidade.

Outro tema trabalhado com adolescentes é o aprimoramento das habilidades sociais. As pesquisas sobre mercado de trabalho vêm ressaltando a importância dessas habilidades, além do aspecto do fortalecimento de vínculos e habilidades de comunicação já conhecidíssima assertividade que vem sendo cada vez mais valorizada.

Por meio das trocas de experiências, dramatizações e reflexão sobre o modo como nos comunicamos no cotidiano, trabalhamos habilidades como: conversar com pessoas desconhecidas, explicar e debater pontos de vista, falar sobre sentimentos, lidar com frustrações.

Ao longo de vários encontros vamos trabalhar o momento do vestibular. Para aqueles que enfrentam esse período de provas, vamos trabalhar a gestão das expectativas e emoções relacionadas a escolha profissional e ao momento de provas, juntamente com a organização da rotina e dos estudos.